29 de nov de 2010

Os finais felizes.



Eu vivo naquele tempo que nada muda se não procurar a mudança. Pare e pense o que você anda fazendo da sua vida. Pare e pense que fim você está dando para o seu conto que escolheu ser perfeito. Realmente sim, no começo, eu abriria mão de tanta coisa. Mas seria em vão, no começo até o fim. Ando bem feliz, tenho meus risos, choros, abraços e relações bem humanas. Voltei aos poucos ocupando meu espaço, voltei aos poucos seguindo minha vida, são vinte&seis dias e houve um progresso nisso todo. Começo a batalhar pelo meu espaço e pela minha própria felicidade. Eu quero ser capaz de conseguir isso e não levar a sério essa história de Amores Eternos Amém.
Atropelei muitas vezes os meus sonhos e as minhas vontades porque ainda acreditava nessa história de Viveram Felizes para Sempre. Mas se eu puder, eu quero ser feliz agora, hoje, amanhã eu escolho ser feliz de novo e assim vai. Nem sempre vou ser feliz o dia todo, nem sempre vou ser triste o mês inteiro. Eu quero atrair coisas boas. Eu preciso de um novo recomeço. Quero caminhar em direção aquilo que eu acredito. Quero pelo menos ver que o amor que eu tenho guardado dentro de mim não é em vão. Quero apenas ver que eu e você não fomos tão em vão quanto me parece.  Mas acho que tudo fica tarde demais, o sentimento vai se conformando na lembrança e lá ele ficará quieto durante anos, quem sabe até, durante décadas. Conformarei um dia com isso, com as lembranças, com a saudade e até mesmo com a falta desse amor que eu sempre lutei tanto. Sinto vontade de perguntar para ele se agora consegue ver o que ele fez comigo. Se agora ele ver que o sofrimento que ele me causou só me fez crescer. Só me fez sentir que tudo passa nessa vida e que ninguém vale nada. E ainda bem que em uma noite houve uma voz em mim dizendo: Menina acorda pra vida e vê o que você está se tornando. O que custa agora ver o lado bom da vida? Custa tempo e eu tenho preguiça.
E ser feliz para sempre, ninguém consegue, ninguém. Então, não cresça com essa idéia de que terá um príncipe num cavalo branco na porta de sua casa te esperando. É uma pena que não havia ninguém para me avisar mais cedo, mas eu aviso a vocês. O seu príncipe é ilusão. Haverá sim, haverá um homem que será o ideal para você até um dia, depois, vocês vão seguir caminhos diferentes. Amor eterno haverá poucos. Amores distantes haverá vários. Mas guarda isso. Haverá um amor que será seu ponto fraco para o resto da sua vida, que é o de quinze anos, como já disse e agora repito. Mas se for possível, para guardar sua lucidez, sua saúde mental. Não acredite em Finais Felizes. Nem todas as garotas conseguem um final feliz. Nem toda garota terá um homem ao seu lado. Nem toda garota te amará como eu te amei.  Nem ao menos, vai te entender como eu entendi. E sabe de quem é a culpa disso? Sabe quem faz criar a maturidade? São duas coisas importantes. Te apresento o tempo e o destino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©