5 de ago de 2014

Metade



Metade de mim é vontade de ir embora. A outra metade é de querer ficar com você.
Metade de mim é o esquecimento. A outra metade é a memória viva de tudo aquilo que já me falou 
Metade de mim é paz interior. A outra metade é paranoia
Metade de mim é aflição.A outra metade é calmaria
Metade de mim é a vontade de ser de todos. A outra metade prefere ficar sozinha nesse tal mar de ilusões e de promessas fáceis
Metade de mim é o perdão. A outra metade grita por vingança 
Metade de mim é tesão reprimido. A outra metade é de voltar a ser virgem 
Metade de mim é saudade da tua pele. A outra metade é repulsa.
Metade de mim procura sinais. A outra metade apaga os rastros.
Metade de mim grita por respostas. A outra metade evita perguntas.
Metade de mim grita por sinceridade. A outra metade vive mentindo.
Metade de mim te encontrou. A outra metade te perdeu.
Metade de mim te esqueceu. A outra metade vai passar a vida inteira te procurando.
Metade de mim abraça o erro. A outra metade finge de cega, surda e muda.
Metade de mim cala quando você diz. A outra metade prefere que fique mudo.
Metade de mim virou personagem de livro. A outra metade prefere esquecer que escreve.
Metade de mim é fácil. A outra metade é uma farsa.
Metade de mim despede todos os dias de você. A outra metade chora baixinho.
Metade de mim prefere nunca mais te ver. A outra metade te busca em todas as pessoas e coisas.
Metade de mim prefere que não mais aconteça. A outra metade prefere estar morta.
Metade de mim evita. A outra metade força a barra.
Metade de mim é ter coragem de despedir. E a outra metade já deu adeus há tempos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©